Entrevistas |

#104 – Bibliotecas e resistência da mulher: políticas públicas e biblioteconomia | Com Ana Lívia Carmo

Conteúdo completo:

O que pode ter em comum uma biblioteca pública e as lutas de resistência das mulheres contra a violência doméstica? É justamente isso que a assistente social Ana Lívia Carmo vem pesquisando. Para ela, a biblioteca pública, para além de um espaço de leitura, é também um espaço de acolhimento para que as mulheres vítimas de violência doméstica possam estar. A vivência comunitária, e o próprio fato de não estar em casa durante certo período do dia, diminui em muito o índice de violência doméstica. Ana Lívia Carmo é Graduada em Serviço Social pela Universidade Leão Sampaio- Unileão- Juazeiro do Norte-CE. Pós graduada em Serviço Social no Sociojurídico pela Unileão. Mestranda em Biblioteconomia pela UFCA. Assistente Social no Município de ASSARÉ-CE. Presidente do Conselho Municipal dos Direitos da Mulher de ASSARÉ-CE. Perita Judiciária pelo Tribunal de Justiça do Estado do Ceará. Na área de Serviço Social.


Compartilhe o conteúdo:

Facebook Twitter Linkedin

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Canal do Youtube
Facebook
Instagram
Twitter
Receba por e-mail
Podcast no Spotify