Entrevistas |

#113 – Livros, leitores e bibliotecas | Entrevista com José Castilho Marques Neto

Conteúdo completo:

Nesta entrevista, conversamos sobre a importância do trabalho editorial, para muito além da divulgação de pesquisas acadêmicas, como algo que influencia em nossas vidas. A leitura é algo importante, não somente como via de acesso à alta cultura, mas sobretudo para a efetivação da cidadania. Ler o mundo é indissociável do exercício pleno de um cidadão. O Brasil é um país que lê muito pouco, ainda estando por serem logrados diversos avanços nesse sentido. José Castilho Marques Neto, por sua carreira como professor universitário, editor, diretor da Biblioteca Mário de Andrade em São Paulo, e secretário do Plano Nacional do Livro e da Leitura, é sem dúvida uma das vozes mais capacitadas hoje em dia para falar sobre as dificuldades e desafios ainda a serem superados nessa esfera salutar de nossas vidas. Ao final, também falamos sobre sua trajetória como pesquisador e autor de um livro já clássico sobre Mário Pedrosa, que será reeditado em breve: “Solidão revolucionária”. José Castilho Marques Neto possui graduação em Filosofia pela Universidade de São Paulo (1976) e doutorado em Filosofia pela Universidade de São Paulo (1992). Curso de especialização em Edición Global pela Universidad Pompeu Fabra de Barcelona, Espanha. Atualmente é professor assistente doutor aposentado da Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho, Campus de Araraquara. Exerceu, desde 1988, funções de direção editorial junto à Editora UNESP (Editor Executivo e Diretor de Publicações da FUNDUNESP) e, a partir de 1º de abril de 1996, tornou-se o primeiro Diretor Presidente da Fundação Editora da UNESP, cargo que deixou em 1º de junho de 2015. Tem experiência na área de Filosofia, com ênfase em História da Filosofia e Filosofia Política atuando principalmente nos temas relacionadas à formação do pensamento de esquerda e marxista, notadamente no Brasil. Especializou-se também em editoração universitária e em políticas públicas de livro, leitura e bibliotecas, sendo consultor de organismos nacionais e internacionais de editoração e leitura, além de agências de fomento à pesquisa. Dirigiu a Biblioteca Pública Mário de Andrade, São Paulo (2002/2005). Presidiu em vários mandatos entidades e instituições do livro e da leitura como a Associação Brasileira de Editoras Universitárias (ABEU) e a Asociación de Editoriales Universitarias de América Latina y el Caribe (EULAC). É membro titular da Comissão Nacional do Instituto Internacional de Língua Portuguesa, órgão da CPLP (2014). Foi Secretário Executivo do Plano Nacional do Livro e Leitura, vinculado aos Ministérios da Cultura e da Educação (períodos: agosto/2006-março/2011 e junho/2013-maio/2016 ), cargo Pro Bono. Consultor na área de livro, leitura e bibliotecas na empresa JCastilho – Gestão&Projetos – São Paulo – SP.


Comentários:


Compartilhe o conteúdo:

Facebook Twitter Linkedin WhattsApp Telegram Copiar link

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Social media & sharing icons powered by UltimatelySocial
Canal do YouTube
Instagram
Facebook
Twitter
Distribuição RSS