Entrevistas |

#118 – Sartre e Freud: existencialismo, psicanálise e marxismo | Entrevista com Carlos Eduardo de Moura

Conteúdo completo:

Em sua trajetória acadêmica, Carlos Eduardo de Moura escreveu uma dissertação e uma tese sobre Sartre, nas quais já apontava para certas relações com a psicanálise. Agora, em sua pesquisa mais recente, faz o caminho inverso, buscando ler Freud a partir de relações com o existencialismo. Nossa conversa também abordou temas recentes referentes às condições políticas e psico-sociais do Brasil contemporâneo e o contexto da pandemia. Possui Licenciatura Plena em Filosofia pela Pontifícia Universidade Católica de Campinas (PUC-Campinas-1998), Mestrado em Filosofia pela Universidade Federal de São Carlos (UFSCar – 2010/CAPES) e Doutorado em Filosofia pela mesma Instituição (UFSCar – 2015 CAPES/FAPESP). Pós-Doutorando em Psicologia, com o Projeto de Pesquisa em Freud (FFCLRP-USP/FAPESP). Atua nas seguintes áreas: 1ª) da História da Filosofia Francesa Contemporânea (a partir das obras e do pensamento de Jean-Paul Sartre) à luz dos seguintes temas: Ontologia e Fenomenologia; Existencialismo e Ética; Consciência-Liberdade-Determinação; História, Antropologia e Psicologia (o homem como um Universal singular) e 2ª) da Filosofia da Psicanálise (dedicando-se ao estudo das possíveis articulações e distanciamentos entre a Fenomenologia, a Ontologia e a Psicanálise.


Compartilhe o conteúdo:

Facebook Twitter Linkedin

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Canal do Youtube
Facebook
Instagram
Twitter
Receba por e-mail
Podcast no Spotify