Entrevistas |

#136 – Simone de Beauvoir: filosofia existencialista em O segundo sexo | Entrevista com Juliana Oliva

Conteúdo completo:


Nesta entrevista, conversamos sobre alguns aspectos da obra de Simone de Beauvoir, sobretudo os conceitos de reciprocidade e de generosidade. Abordamos também o modo como Beauvoir recoloca o problema que tem tradição milenar na história da filosofia da relação entre natureza e cultura. Falamos, por fim, sobre a recepção de sua obra no Brasil e das relações que possa estabelecer e estabelece com outras pesquisas para além da filosofia e da academia.

Juliana Oliva foi uma das organizadoras do I Congresso Internacional Simone de Beauvoir e é doutora em Filosofia pela EFLCH-UNIFESP (2018), onde defendeu tese sobre sexualidade, erotismo e reciprocidade em Simone de Beauvoir. Seus estudos sobre a filósofa francesa tiveram início no mestrado em Filosofia na Universidade São Judas Tadeu (2014), com a investigação sobre as noções de identidade e reciprocidade na obra O segundo sexo. Atualmente é professora contratada do departamento de Filosofia da Educação da Faculdade de Educação da Universidade de São Paulo (FEUSP), e tem ministrado cursos de extensão e a oficina “Deve-se queimar Beauvoir?” em espaços de educação e cultura.

Revista Ipseitas (Especial Simone de Beauvoir).


View this post on Instagram

Simone de Beauvoir: filosofia existencialista em O segundo sexo | Entrevista com Juliana Oliva (link na bio) ⠀ Nesta entrevista, conversamos sobre alguns aspectos da obra de Simone de Beauvoir, sobretudo os conceitos de reciprocidade e de generosidade. Abordamos também o modo como Beauvoir recoloca o problema que tem tradição milenar na história da filosofia da relação entre natureza e cultura. Falamos, por fim, sobre a recepção de sua obra no Brasil e das relações que possa estabelecer e estabelece com outras pesquisas para além da filosofia e da academia. ⠀ Juliana Oliva foi uma das organizadoras do I Congresso Internacional Simone de Beauvoir e é doutora em Filosofia pela EFLCH-UNIFESP (2018), onde defendeu tese sobre sexualidade, erotismo e reciprocidade em Simone de Beauvoir. Seus estudos sobre a filósofa francesa tiveram início no mestrado em Filosofia na Universidade São Judas Tadeu (2014), com a investigação sobre as noções de identidade e reciprocidade na obra O segundo sexo. Atualmente é professora contratada do departamento de Filosofia da Educação da Faculdade de Educação da Universidade de São Paulo (FEUSP), e tem ministrado cursos de extensão e a oficina “Deve-se queimar Beauvoir?” em espaços de educação e cultura. ⠀ Revista Ipseitas (Especial Simone de Beauvoir): http://www.revistaipseitas.ufscar.br/index.php/ipseitas/issue/current/showToc ⠀ __________________________ Caio Souto Conversações Filosóficas ⠀ #emcasa #filosofia #feminismo #existencialismo #natureza #cultura #patriarcado #segundosexo #beauvoir #generosidade #dominação #mulher #literatura #sartre #atualidade #contemporâneo #reciprocidade #caiosouto #conversacoesfilosoficas

A post shared by Caio Souto (@conversacoesfilosoficas) on


Compartilhe o conteúdo:

Facebook Twitter Linkedin
Canal do Youtube
Facebook
Instagram
Twitter
Receba por e-mail
Podcast no Spotify