Entrevistas |

#139 – Schopenhauer: pessimismo, ciência e metafísica | Entrevista com Flamarion Caldeira Ramos

Conteúdo completo:


Nesta conversa, abordamos a obra de Schopenhauer e de alguns outros autores envolvidos em questões correlatas às trabalhadas por este autor alemão. Falamos sobre sua leitura de Kant e de Platão, bem como das tradições não-ocidentais do pensamento, como sobretudo o zen-budismo. Perguntei sobre a relação da obra de Schopenhauer com a tradição da medicina francesa, sobretudo Xavier Bichat. Também conversamos sobre autores como Mainländer e sua “Filosofia da Redenção” e “Metafísica da entropia”, Eduard von Hartmann, contemporâneos de Schopenhauer. Falamos ainda sobre as consequências políticas conservadoras do pensamento de Schopenhauer, mas também de sua recepção progressista em autores mais recentes como Horkheimer do Instituto de Frankfurt, e em autores mais recentes. Por fim, Flamarion nos fala de algumas especificidades do ensino de filosofia na UFABC, que oferece novas alternativas à relação entre universidade e sociedade e cursos transdisciplinares.

Flamarion Caldeira Ramos é professor de ética e filosofia política da Universidade Federal do ABC. Possui graduação em Filosofia pela Universidade de São Paulo (2001), mestrado (2003) e doutorado (2009) em Filosofia também pela Universidade de São Paulo com estágio na Johannes Gutemberg Universität Mainz da Alemanha (2006). Fez pós-doutorado na Universidade de São Paulo com bolsa da FAPESP (2010-2011) e estágios de pesquisas na Universidad Complutense de Madrid da Espanha (2013) e na Università del Salento da Itália (2015), ambos os estágios com bolsa FAPESP. Tem desenvolvido pesquisa sobre o pessimismo filosófico alemão do século dezenove e publicou diversos artigos e traduções sobre Schopenhauer e o Idealismo alemão.


View this post on Instagram

Schopenhauer: pessimismo, ciência e metafísica | Entrevista com Flamarion Caldeira Ramos (link na bio) ⠀ Nesta conversa, abordamos a obra de Schopenhauer e de alguns outros autores envolvidos em questões correlatas às trabalhadas por este autor alemão. Falamos sobre sua leitura de Kant e de Platão, bem como das tradições não-ocidentais do pensamento, como sobretudo o zen-budismo. Perguntei sobre a relação da obra de Schopenhauer com a tradição da medicina francesa, sobretudo Xavier Bichat. Também conversamos sobre autores como Mainländer e sua "Filosofia da Redenção" e "Metafísica da entropia", Eduard von Hartmann, contemporâneos de Schopenhauer. Falamos ainda sobre as consequências políticas conservadoras do pensamento de Schopenhauer, mas também de sua recepção progressista em autores mais recentes como Horkheimer do Instituto de Frankfurt, e em autores mais recentes. Por fim, Flamarion nos fala de algumas especificidades do ensino de filosofia na UFABC, que oferece novas alternativas à relação entre universidade e sociedade e cursos transdisciplinares. ⠀ Flamarion Caldeira Ramos é professor de ética e filosofia política da Universidade Federal do ABC. Possui graduação em Filosofia pela Universidade de São Paulo (2001), mestrado (2003) e doutorado (2009) em Filosofia também pela Universidade de São Paulo com estágio na Johannes Gutemberg Universität Mainz da Alemanha (2006). ⠀ _____________________________ Caio Souto Conversações Filosóficas ⠀ #emcasa #pessimismo #schopenhauer #ciência #horkheimer #mainländer #escoladefrankfurt #entropia #metafísica #nietzsche #kant #schelling #hegel #idealismo #platão #budismo #antropoceno #filosofia #natureza #mundo #vontade #representação #arte #estética #hartmann #adorno #lassalle #ufabc #caiosouto #conversacoesfilosoficas ⠀

A post shared by Caio Souto (@conversacoesfilosoficas) on


Comentários:


Compartilhe o conteúdo:

Facebook Twitter Linkedin
Canal do Youtube
Facebook
Instagram
Twitter
Receba por e-mail
Podcast no Spotify