Entrevistas |

#37 – Amizade, comunidade e conversa infinita em Maurice Blanchot | Entrevista com Mayara Dionizio

Conteúdo completo:



Nesta entrevista, Mayara Dionizio aborda alguns temas essenciais da obra filosófico-literária de Blanchot, tais como os de: neutro, comunidade, amizade, fora, linguagem, rosto. Também aborda sua relação com outros filósofos, tais como: Heidegger, Lévinas, Artaud, Foucault, Deleuze, Derrida, além dos inúmeros autores liteários sobre os quais escreveu, buscando estabelecer com eles uma “conversa infinita”.

Mayara Dionizio atualmente é pesquisadora de doutorado do programa de pós graduação em Filosofia, pela Universidade Federal do Paraná, sob orientação do Prof. Dr. André de Macedo Duarte. Possui mestrado em Filosofia pela Universidade Estadual de Londrina (2017) e graduação em Filosofia pela Universidade Estadual de Londrina (2014). Tem experiência na área de Filosofia, com ênfase em Filosofia francesa contemporânea: as relações entre filosofia, linguagem e literatura em Blanchot, Derrida, Artaud, Levinas e Heidegger. É autora da obra “Antonin Artaud: o instante intermitente” a ser publicada ainda neste ano de 2020.

Um de seus artigos de maior relevância pode ser encontrado neste link: “A negação da obra: Derrida leitor de Artaud”.



Compartilhe o conteúdo:

Facebook Twitter Linkedin
Canal do Youtube
Facebook
Instagram
Twitter
Receba por e-mail
Podcast no Spotify