Entrevistas |

#403 – Tudo o que é decisivo para nós um dia foi impossível | Entrevista com Vladimir Safatle

Conteúdo completo:

Vladimir Safatle é um filósofo, escritor e músico brasileiro nascido no Chile. É professor titular da cadeira de Teoria das Ciências Humanas da Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas da Universidade de São Paulo (FFLCH-USP).

Publicou, entre outros:

2003 – Um limite tenso: Lacan entre a filosofia e a psicanálise. São Paulo: Editora Unesp (organização)

2004 – O tempo, o objeto e o avesso: ensaios de filosofia e psicanálise. Belo Horizonte: Autêntica (co-organização)

2006 – Sobre arte e psicanálise. São Paulo: Editora Escuta (co-organização)

2006 – A Paixão do Negativo: Lacan e a dialética São Paulo: Unesp.

2007 – Lacan. São Paulo: Publifolha (republicado pela Editora Autêntica).

2007 – Ensaios sobre música e filosofia. São Paulo: Editora Humanitas (co-organização)

2008 – A filosofia após Freud. São Paulo: Humanitas (co-organização)

2008 – Cinismo e falência da crítica. São Paulo: Boitempo.

2010 – La passion du négatif : Lacan et la dialectique. Hildesheim: Georg Olms Verlag.

2010 – Fetichismo : colonizar o Outro. Rio de Janeiro: Civilização Brasileira.

2010 – O que resta da ditadura: a exceção brasileira. São Paulo: Boitempo (co-organização)

2012 – A esquerda que não teme dizer seu nome. São Paulo: Três Estrelas.

2012 – Grande hotel abismo: por uma reconstrução da teoria do reconhecimento. São Paulo: WMF Martins Fontes.

2013 – La Izquierda que no teme decir su nombre. Santiago: LOM Ediciones

2015 – O Circuito dos Afetos: Corpos Políticos, Desamparo e o Fim do Indivíduo São Paulo: Cosac Naify (republicado pela Editora Autêntica).

2016 – Grand Hotel Abyss: desire, recognition and the restoration of the subject. Leuven University Press

2016 – Quando as ruas queimam: manifesto pela emergência. São Paulo: N-1 edições

2017 – Só mais um esforço. São Paulo: Três Estrelas

2018 – Patologias do social: arqueologias do sofrimento psíquico. São Paulo: Autêntica (co-organização)

2018 – Um dia, esta luta iria ocorrer. São Paulo: N-1 edições

2019 – Dar corpo ao impossível: o sentido da dialética a partir de Theodor Adorno. Belo Horizonte. Autêntica

2020 – Maneiras de transformar mundos: Lacan, política e emancipação. Belo Horizonte. Autêntica.


Comentários:


Compartilhe o conteúdo:

Facebook Twitter Linkedin WhattsApp Telegram Copiar link

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Social media & sharing icons powered by UltimatelySocial
Canal do YouTube
Instagram
Facebook
Twitter
Distribuição RSS