Entrevistas |

#415 – Tempos de dizer, tempos de escutar: testemunhos de mulheres no Brasil e Argentina. Com Danielle Tega

Conteúdo completo:

Danielle Tega é Doutora em Sociologia pela Universidade Estadual de Campinas (bolsa Fapesp, 2015) com doutorado sanduíche na Universidad de Buenos Aires (bolsa Bepe/Fapesp, 2013). Concluiu mestrado em Sociologia pela Universidade Estadual Paulista (bolsa Fapesp, 2009). Possui bacharelado em Ciência Política pela Universidade Estadual de Campinas (2009) e licenciatura em Ciências Sociais pela mesma instituição (2005). Realizou pós-doutorado no Núcleo de Estudos de Gênero – Pagu (bolsa do PDJ/CNPq, 2018-2019). Foi membro da Comissão da Verdade e Memória "Octavio Ianni" da Unicamp (2013-2015) e integrante do projeto "Documentos e Memórias da Repressão Militar e da Resistência Política – Brasil, 1964-1982" por quatro anos (bolsa CNPq, 2003-2007). É autora dos livros "Tempos de dizer, tempos de escutar: testemunhos de mulheres no Brasil e na Argentina" (Ed. Intermeios/Fapesp, 2019) e "Mulheres em foco: construções cinematográficas brasileiras da participação política feminina" (Ed. Unesp/Cultura Acadêmica, 2010). Atualmente é professora substituta na Universidade Estadual de Mato Grosso do Sul (UEMS). É pesquisadora da Red Internacional de Formación para la Investigación (RIIF) e da Red Iberoamericana en Ciencias Sociales con Enfoque de Género (Red Hila), além de integrar o Grupo de Pesquisa "Teorias e militâncias feministas" (CNPq/Unicamp). Atua principalmente nos seguintes temas: gênero, feminismo, memória, testemunho, cinema e direitos humanos.


Compartilhe o conteúdo:

Facebook Twitter Linkedin
Canal do Youtube
Facebook
Instagram
Twitter
Receba por e-mail
Podcast no Spotify