Entrevistas |

#9 – O que pode a filosofia nos tempos atuais? Entrevista com Fillipa Silveira

Conteúdo completo:


Fillipa Carneiro Silveira inicia esta conversa problematizando a função da filosofia em nosso presente, alertando para uma ambiguidade própria à filosofia, já que ela exige sempre um tempo de reflexão que muitas vezes não corresponde ao tempo dos acontecimentos sobre os quais ela se propõe refletir. Também conversamos sobre a condição das mulheres na filosofia e a importância do feminismo numa perspectiva contemporânea. Foram tema, ainda, desta entrevista as possibilidades de utilização do pensamento de autores como Michel Foucault, Sueli Carneiro, entre outros, como ferramentas conceituais para a abordagem das condições políticas, sociais, médicas e biológicas de nossa condição atual.

Professora de Filosofia da Universidade Federal de Uberlândia, Fillipa Carneiro Silveira é Doutora em Filosofia pela Universidade Federal de São Carlos (2016). Mestre em Filosofia (Master of Arts) pelo programa Master Erasmus Mundus EuroPhilosophie: Filosofias Alemã e Francesa no Espaço Europeu. Mestre em Filosofia pela Universidade Federal do Ceará (2007). Graduada em Ciências Sociais pela mesma instituição (2005). Atua nas áreas de Filosofia Francesa Contemporânea (com ênfase no pensamento de Michel Foucault), Ética e Política, Fenomenologia, e áreas afins às Ciências Humanas. Pesquisa sobre o problema da subjetividade, a crítica à antropologia e as formas dos discursos sobre o humano na filosofia contemporânea.

Para uma interlocução mais aprofundada sobre as questões e os temas mencionados na entrevista, a professora disponibiliza seu endereço eletrônico: fillipa@ufu.br.


View this post on Instagram

O que pode a filosofia nos tempos atuais? Entrevista com Fillipa Silveira. Fillipa Carneiro Silveira inicia esta conversa problematizando a função da filosofia em nosso presente, alertando para uma ambiguidade própria à filosofia, já que ela exige sempre um tempo de reflexão que muitas vezes não corresponde ao tempo dos acontecimentos sobre os quais ela se propõe refletir. Também conversamos sobre a condição das mulheres na filosofia e a importância do feminismo numa perspectiva contemporânea. Foram tema, ainda, desta entrevista as possibilidades de utilização do pensamento de autores como Michel Foucault, Sueli Carneiro, entre outros, como ferramentas conceituais para a abordagem das condições políticas, sociais, médicas e biológicas de nossa condição atual. Professora de Filosofia da Universidade Federal de Uberlândia, Fillipa Carneiro Silveira é Doutora em Filosofia pela Universidade Federal de São Carlos (2016). Mestre em Filosofia (Master of Arts) pelo programa Master Erasmus Mundus EuroPhilosophie: Filosofias Alemã e Francesa no Espaço Europeu. Mestre em Filosofia pela Universidade Federal do Ceará (2007). Graduada em Ciências Sociais pela mesma instituição (2005). Atua nas áreas de Filosofia Francesa Contemporânea (com ênfase no pensamento de Michel Foucault), Ética e Política, Fenomenologia, e áreas afins às Ciências Humanas. Pesquisa sobre o problema da subjetividade, a crítica à antropologia e as formas dos discursos sobre o humano na filosofia contemporânea. Para uma interlocução mais aprofundada sobre as questões e os temas mencionados na entrevista, a professora disponibiliza seu endereço eletrônico: fillipa@ufu.br. _________________ Caio Souto caiosouto@gmail.com #contemporaneo #contemporaneidade #filosofiacontemporanea #agambem #foucault #michelfoucault #filosofia #politica #educação #filosofiadaeducação #cienciassociais #filosofa #mulheresnafilosofia #feminismo #emcasa #entrevista #conversacoesfilosoficas #caiosouto #filosofiapolitica #academia #anticiencia

A post shared by Caio Souto (@conversacoesfilosoficas) on


Comentários:


Compartilhe o conteúdo:

Facebook Twitter Linkedin WhattsApp Telegram Copiar link
Social media & sharing icons powered by UltimatelySocial
Canal do YouTube
Instagram
Facebook
Twitter
Distribuição RSS